Aço galvanizado e aço inoxidável: qual a melhor escolha?

14 Galvanizado

Existem algumas ligas de aço mais resistentes à corrosão, como é o caso do aço inoxidável. O inox é um tipo de aço que apresenta maior resistência à corrosão da atmosfera e de outros ambientes, uma vez que é produzido a partir da liga com outros metais, como o níquel e o cromo, tornando o ferro menos reativo ao meio ambiente.

Uma das dúvidas frequentes, principalmente quando é necessário renovar uma estrutura de metal, é a utilização do aço inoxidável ou aço galvanizado. Esses dois tipos de aço apresentam características diferentes, podendo ser utilizados em determinadas situações.

Diferenças entre o aço galvanizado e o aço inoxidável

O aço inoxidável e o aço galvanizado podem ser utilizados nas mais diversas aplicações, seja na indústria, na decoração ou em equipamentos.

Quanto tratamos sobre o aço galvanizado, devemos observar o processo pelo qual passa o material, um tratamento denominado galvanização. Nesse processo, o aço é revestido com uma camada muito fina de zinco, que vai impedir sua corrosão. Esse processo pode ser feito de duas formas: através do banho de imersão a quente ou através da eletrogalvanização.

Por sua vez, o aço inoxidável é conseguido através da mistura do ferro líquido com uma solução com um mínimo de 10% de cromo, sendo depois pressionado e moldado, passando por um tratamento denominado decapagem, retirando-se todas as impurezas do material, além da passivação responsável pela formação da camada de filme não corrosiva, que se forma automaticamente sempre que é retirada por algum motivo.

Quando falamos em aço inoxidável, temos a ideia de que se trata de um material praticamente indestrutível, mesmo quando submetido a usos mais severos. Contudo, o aço inox não é eterno, ele apenas apresenta maior resistência à corrosão diante de um meio ou agente mais agressivo.

Sua resistência à oxidação e à corrosão é em razão da presença do cromo, que possibilita a formação de uma finíssima película de óxido de cromo sobre a superfície do aço, sendo impermeável e insolúvel na maior parte dos meios corrosivos.

O aço, normalmente, é bastante corrosível através de ações químicas ou eletroquímicas, ou seja, o próprio meio ambiente pode causar danos, como o oxigênio do ar, ao entrar em contato com o ferro presente no equipamento, formando o óxido de ferro e gerando as alterações naturais e indesejáveis.

No aço inoxidável, como o próprio nome já diz, a liga se torna resistente à ação deteriorante do oxigênio, não apresentando oxidação. Suas propriedades físico-químicas são muito superiores ao aço comum, inclusive o galvanizado, oferecendo maior resistência à oxidação atmosférica.

Aplicações para o aço galvanizado e o aço inoxidável

A maior diferença entre o aço galvanizado e o aço inoxidável está na sua utilização.

O aço galvanizado é utilizado principalmente na estrutura da construção civil, sendo utilizado em pregos, porcas e parafusos, por exemplo, além de ser muito apreciado para a construção de cercas ornamentadas.

Sua utilização é preferida ao ferro comum em razão de ser mais resistente à ferrugem, possibilitando que também seja aplicado na fabricação e estruturação de veículos pesados e automóveis. Em virtude de sua resistência à corrosão, pode ser também utilizado para a fabricação de equipamentos eletrodomésticos, como máquinas de lavar e outros que precisam passar por água ou umidade.

O aço inoxidável, por seu turno, pode ser aplicado tanto na construção civil quanto nas indústrias, ou ainda em equipamentos os mais diversos. Sua composição é muito mais robusta e mais resistente à ferrugem, podendo ser utilizado para fabricação de tubos, canos, tanques, acessórios, ferramentas, talheres, equipamentos hospitalares e muitos outros, resistindo à umidade e a ambientes litorâneos, mais propensos a causar a oxidação.

Quando não usar o aço galvanizado

O aço galvanizado, mesmo sendo de menor custo que o aço inoxidável e mesmo sendo uma oba opção para diversas aplicações, não pode ser constantemente exposto à água ou ambientes úmidos, já que, ao perder a camada de zinco, expõe o aço em seu interior, que pode se tornar oxidado.

O aço inoxidável funciona de uma forma diferente: mesmo que a camada de óxido que protege o ácido seja retirada, automaticamente a liga forma uma nova camada, o que impossibilita a oxidação do material, tornando-o muito mais resistente.

Orçamento/Contato

Dúvidas favor ligar: 54-3297-5152 ou 54-3292-5152. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>