O aço inox na indústria de bebidas.

Os tanques feitos de aço inox possuem várias utilidades para a indústria de bebidas como o processo de estocagem e armazenamento. Acima de tudo, o aço inox na indústria de bebidas garante uma maior conservação do produto, além de agregar qualidade para ele. Todos esses processos importantes na produção de bebidas são feito em local adequado e dentro das normas exigidas, para que desta forma seja possível obter um produto de qualidade e que posteriormente será consumido por pessoas com os mais variados paladares.

O aço inox na indústria de bebidas.

Assim, as indústrias de bebidas e alimentos usam os tanques feitos com aço inoxidável para vários processos, como a mistura, agitação, decantação, filtragem ou acumulação.

Além disso, os tanques de aço inox são um dos equipamentos mais versáteis que existe nas indústrias e são utilizados principalmente para estocagem, produção e armazenamento de várias bebidas. Assim, ele é um dos preferidos pela indústria de bebidas, tornando-se um equipamento utilizado no mundo todo, já que é um material resistente a corrosão e totalmente ecológico. Hoje em dia estamos falando muito em sustentabilidade e ele é um material totalmente reciclável, além de que pode ser reutilizado em outros processos depois que for feito o processo de higienização.

Portanto o aço inox na indústria de bebidas é o preferido pela maioria, pois se mostra muito importante por ser feito de um material inerte, que significa que ele não deixa ocorrer qualquer tipo de alteração no produto que esta sendo armazenado, conseguindo preservar o sabor e aroma das bebidas.

Bebidas com qualidade.

Em primeiro lugar os tanques feitos de aço inoxidável são os equipamentos preferidos pelas vinícolas e indústrias de bebidas de um modo geral. Desde as pequenas associações de produtores rurais até as grandes indústrias utilizam os tanques de aço inox para produção, armazenamento e estocagem dos seus produtos, pois eles têm a garantia de produzir bebidas de qualidade.

O mais notável é que outra qualidade muito importante para as indústrias de bebidas é que elas podem escolher e mandar fabricar os tanques com tamanhos de acordo com a necessidade para sua produção. Assim o aço inox na indústria de bebidas é de fundamental importância, pois possui características essenciais para garantir um produto final de qualidade.

Acima de tudo, o consumidor quer compra uma bebida que tenha garantia de ser um produto de qualidade. Muitas bebidas alcoólicas passam por vários processos até chegar ao ponto ideal de consumo e são produzidas a partir da fermentação (que é um processo de transformação de açucares ou amidos sem álcool etílico ou etanol) de suas matérias primas, além da destilação e da infusão.

Consequentemente, para que todos esses processos ocorram de forma segura e correta, eles devem ocorrer dentro de tanques de aço inox. Acima de tudo,o aço inox na indústria de bebidas é um material muito utilizado na fabricação de tanques, pois ele possui diversas vantagens como: facilidade na hora da sua higienização exige pouca manutenção, não é corrosivo, é resistente a variações de temperatura, além de manter a neutralidade dos produtos, o que não altera cor, aroma ou sabor.

Os processos que a bebida passa.

As bebidas passam por vários processos como a fermentação, destilação e a infusão. A fermentação é produzida por enzimas segregadas por microrganismos ou leveduras e a muitas vezes estão incorporadas à matéria prima (frutas ou cereais) cuja extração é feita nos tanques de aço inox.  

Além disso, a fermentação é provocada por bactérias aeróbicas, que precisam de oxigênio e esse processo produz gás carbônico, que em alguns casos é usado na gaseificação da própria bebida como o champanhe e a cerveja. Exemplos de bebidas fermentadas: cervejas, champanhe, saquês e vinhos.

Outro processo importante é a destilação que é o processo de separação de líquidos através do aquecimento que é baseado na diferença dos pontos de ebulição. Os produtos têm pontos de ebulição diferentes e os primeiros vapores são elementos mais voláteis (como o álcool), que se desprendem da massa liquida original.

A destilação é definida como a combinação de duas operações inversas, a vaporização e a condensação e será mais perfeita quanto maior for a diferença do ponto de ebulição dos seus componentes. Exemplos de bebidas destiladas: cachaça, gin, conhaque, rum, tequila, uísque e vodca.

Além disso, as bebidas alcoólicas que são feitas através do processo de infusão, são chamadas de bebidas compostas, pois são resultado da imersão de substâncias para que sejam extraídas suas essências. São produzidas a partir de produtos obtidos pelos processos de fermentação ou destilação, onde os ingredientes que dão suas características são adicionados, como no caso dos licores e vermute.

Acima de tudo, no caso dos vermutes, são adicionadas ervas ao vinho e segue-se a infusão. Já nos licores são misturadas as essências com o álcool, água e componentes que dão viscosidade, fazendo a mistura passar por infusão e maturação. Exemplos de bebidas que passam pelo processo de infusão: licores, bitter e vermute.