O aço inoxidável e sua durabilidade

03 aço inoxidávelTodos sabemos que o aço inoxidável apresenta sempre grande durabilidade, desde que tenha os cuidados necessários de limpeza e manutenção, evidentemente. Contudo, há algo que deve ser lembrado com relação a essa durabilidade: na maior parte das vezes, a produção do aço também interfere no seu tempo de vida útil.

O aço inoxidável, atualmente, é aplicado nos mais diversos ramos de atividade e segmentos do mercado, sendo utilizado para fabricar desde equipamentos de odontologia, utensílios de cozinha, eletrodomésticos, decoração, tanques industriais e equipamentos os mais diversos para indústrias petroquímicas, químicas, de alimentos e muitas outras.

Desde o desenvolvimento das ligas que deram origem ao aço inoxidável, no início do século XX, o aço inoxidável vem passando por novas experiências e tentativas, dando origem a novos tipos e ligas que o tornam o material ideal para aplicação em todas as necessidades de nossa civilização.

Sob um ponto de vista mais generalista, tudo isso faz com que o aço inoxidável seja sempre a melhor opção, principalmente porque o usuário final do aço encontra tudo o que possa atender suas necessidades, inclusive com preços mais acessíveis.

A qualidade do aço inoxidável interfere no preço?

No entanto, com essa tão grande utilidade, o aço inoxidável está tendo também novas siderúrgicas investindo no material, provocando uma guerra de preços entre os concorrentes que, ao mesmo tempo, reduz a qualidade do aço produzido, com prejuízo de sua durabilidade.

Para atender a demanda cada vez mais crescentes, fabricantes vêm produzindo o que se considera um aço inoxidável de segunda linha, com ligas de materiais menos nobres, que interferem na resistência à oxidação e não oferecem um aspecto tão polido e brilhante.

Esse tipo de aço inoxidável, fatalmente, não vai apresentar a mesma durabilidade do aço produzido com materiais de qualidade, um fator importante para que ele tenha maior vida útil, ou seja, há uma interferência direta também nos equipamentos que são produzidos a partir do aço inox. Quando menor a vida útil do equipamento, menor será o custo-benefício gerado por ele.

Devemos atentar também para o fato de que os prejuízos provocados por equipamentos produzidos com aço inoxidável de baixa durabilidade devem ser vistos além do simples prejuízo financeiro.

Assim, por exemplo, um equipamento produzido por aço inoxidável de baixa qualidade, pode provocar prejuízos à saúde humana, principalmente quando aplicados em equipamentos hospitalares e de indústrias de alimentos.

Por se tratar de material de menor qualidade, a higienização também pode ser comprometida e, consequentemente, esses equipamentos correm maior risco de serem contaminados por microrganismos prejudiciais à saúde.

Um equipamento produzido com aço inoxidável de menor qualidade, dessa forma, torna-se também um problema de saúde pública, trazendo riscos graves à população. Portanto, a qualidade do aço inoxidável deve ser considerada como essencial para qualquer equipamento.

Cuidados para manter a durabilidade do aço inoxidável

Um fabricante de equipamento produzido a partir do aço inoxidável, dessa maneira, deve procurar fornecedores qualificados, que ofereçam aço de qualidade superior, mesmo que a preços maiores do que os concorrentes.

Quando produzido com aço inoxidável de aço de boa qualidade, o equipamento pode ter durabilidade de até 30 anos, às vezes mais, desde que tenha os cuidados necessários de higienização, limpeza e transporte.

  • Para garantir que um equipamento produzido com aço inox, os cuidados devem ser feitos desde seu transporte. Assim, ao transportar as chapas de aço inox é preciso usar luvas plásticas secas e limpas, evitando a marca de dedos no material.
  • O aço inoxidável nunca pode ser colocado diretamente sobre o solo, devendo-se aplicar um suporte ou plástico mais resistente para protege-lo contra a umidade. O local de armazenamento do aço inox deve ser mantido sempre limpo e seco, protegido da chuva e da incidência de luz solar direta.
  • Quando armazenado em ambiente com outros tipos de materiais, o aço inox deve ser envolvido em plástico ou papel, evitando sua contaminação por resíduos e partículas e pó ou de outras substâncias.
  • Caso o aço inoxidável seja mantido em armazenamento durante tempo mais prolongado, as chapas devem ser lavadas e secas pelo menos uma vez por mês e, quando utilizado todos os dias, deve ser lavado com água e sabão, antes e depois de sua utilização.
  • Ao se perceber manchas no aço inoxidável, elas devem ser removidas com uma solução alcalina ou com água quente.
  • O aço inoxidável não pode ser exposto a temperaturas elevados por períodos prolongados, a não ser que o aço tenha sido fabricado especificamente para essa condição.

A durabilidade do aço inox pode ser prolongada por muitos anos, desde que os cuidados sejam tomados para garantir sua limpeza. Um equipamento de aço inox pode ter vida útil por várias décadas, o que nos leva novamente ao princípio, quando falamos sobre a qualidade do material: quanto melhor ela for, melhor será o equipamento produzido com o aço inox.

Orçamento/Contato

Dúvidas favor ligar: 54-3297-5152 ou 54-3292-5152. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>