O aço inoxidável pode enferrujar?

03-aco-inoxidavel

O aço inoxidável é uma liga produzida com ferro e com alguns metais diferentes, como cromo, níquel e outros, que apresenta características especiais, sendo resistente contra a corrosão e contra a oxidação.

Sua aplicação é feita para os mais diversos tipos de equipamentos e instrumentos para uso geral, desde indústrias a hospitais, passando pela cozinha e decoração.

Cada tipo de aplicação exige um aço inoxidável com características bem definidas. Assim, por exemplo, um revestimento de tanque industrial de indústria alimentícia é feito com um aço inoxidável diferente daquele usado na linha de produção de uma indústria farmacêutica, que exige muito mais controle de limpeza do que o primeiro.

Desta forma, certos tipos de aço inoxidável são menos resistentes à corrosão e a ferrugem do que outros. Isso é fácil de observar em aparelhos domésticos de uso na cozinha, que, algumas vezes, apresentam pontos de ferrugem, ou de oxidação, mesmo tendo sido fabricados com aço inoxidável.

Como o aço inoxidável pode enferrujar?

O aço inoxidável pode apresentar, assim, algumas falhas em áreas microscópicas, ficando expostas ao oxigênio do ar e propícias à oxidação. Além disso, dependendo das condições de temperatura, de tempo de exposição a produtos químicos, o aço inoxidável também pode apresentar pontos de ferrugem. Afinal, trata-se de uma liga que, mesmo contendo cromo, níquel e outros metais, contém também o ferro, que é altamente oxidável.

Existem tipos de aço que são mais resistentes e que, em razão disso, não apresentam as falhas, não permitindo que apareçam manchas de ferrugem.

De forma geral, embora surjam problemas em determinados produtos, o aço inoxidável é hoje um dos produtos mais resistentes à ferrugem. Ele continua sendo um dos materiais preferidos para a indústria, servindo para a fabricação de tanques, de instrumentos cirúrgicos, de utensílios para a cozinha, de produtos para indústrias químicas e alimentícias e ainda para hospitais, que apresentam regras rígidas de higiene.

Como vemos, o aço inoxidável pode enferrujar, já que se trata de um tipo de metal, ou de liga, que pode sofrer algum tipo de corrosão, principalmente quando em contato permanente com água ou com algum outro agente agressivo.

No entanto, a possibilidade de corromper o aço inoxidável é bem menor do que qualquer outro material ferroso. E essa resistência é em resultado dos componentes de sua liga, que resiste com maior intensidade à ação dos agentes corrosivos, embora não impeça totalmente que o aço inoxidável sofra qualquer tipo de desgaste com o tempo.

Os cuidados necessários para o aço inoxidável não enferrujar

O aço inoxidável precisa de alguns cuidados básicos para não enferrujar. Por exemplo, qualquer instalação de aço inoxidável que for colocada próxima ao mar, corre mais riscos de enferrujar do que outra instalada no interior.

E isso ocorre porque o mar contém cloro, um elemento que faz parte da água salgada e que é capaz de perfurar a camada protetora do aço inoxidável. Nesses casos, é importante usar aços mais resistentes, que têm maior teor de cromo e suportam por mais tempo o cloro do mar. A limpeza constante e a manutenção dos equipamentos pode aumentar a vida útil do equipamento de aço inoxidável próximo ao mar, mas não elimina por completo a possibilidade de corrosão.

Como falamos em cloro, um cuidado importante com qualquer produto feito com aço inoxidável é não utilizar água sanitária. A limpeza deve ser feita com água e sabão neutro, para garantir a durabilidade do produto.

É importante lembrar que, mesmo riscado, o aço inoxidável, quando bem cuidado, não corre o risco de oxidar. Isso porque a camada de óxido de cromo que reveste o aço, forma-se automaticamente e de maneira rápida, quando em contato com o ar do ambiente.

Um material que pode trazer oxidação ao aço inoxidável é o alumínio, em virtude da corrosão galvânica. A corrosão acontece sempre que dois metais diferentes entram em contato em qualquer meio que transmita eletricidade e, como o alumínio é menos nobre do que o inox, ele será corroído.

O que é necessário, nesses casos, é evitar colocar metais diferentes do aço inoxidável em contato direto com ele. Se for absolutamente necessário, é preciso colocar um isolante entre os dois tipos de metal.

Que tipo de aço inoxidável é mais resistente?

Entre os tipos de aço inoxidável, existem aqueles mais resistentes, que não se oxidam tão facilmente: são o aço 304L e o aço 316L.

O 304L é uma versão aprimorada do aço inoxidável 304, com uma composição mais reforçada, sendo menos incidente à corrosão e, assim, mais utilizados na construção civil, como para fachadas e acabamentos.

O aço inoxidável 316L, por sua vez, apresenta baixo teor de carbono, gerando maior resistência à oxidação.