Tanque de aço inox: ideal para a produção de vinho

Image result for tanque de aço para vinho

A produção de vinho no mundo é milenar, acompanhando a civilização desde os seus primórdios. Com a expansão da cultura ocidental e a descoberta da América, centenas de imigrantes italianos e alemães se instalaram no Brasil, principalmente na região Sul, trazendo essa mesma cultura.

A produção foi sendo aprimorada em nosso país, passando dos antigos barris de carvalho para o tanque de aço inox, uma vez que esse material garante a qualidade do vinho produzido.

O tanque de aço inox para produção de vinho pode ser fabricando nos mais diversos tamanhos e formatos, sendo utilizado tanto por produtores artesanais, em vinícolas familiares, quanto em grandes indústrias, melhorando a produção e aumentando a quantidade de vinho ofertada a cada ano.

O tanque de aço inox e os cuidados na produção

A produção de vinho exige determinados cuidados para se chegar a um produto final de qualidade. Os cuidados começam no cultivo das videiras, só terminando quando o vinho é engarrafado para ser envelhecido.

Utilizando o tanque de aço inox na produção, o produtor de vinho consegue maior facilidade, gerando um produto final com a mais alta qualidade, uma vez que o aço inox é, atualmente, o melhor material que pode ser utilizado.

A utilização do tanque de aço inox é aplicada na fermentação, depois que o vinho passa pelos toneis de madeira, e para o seu armazenamento, antes de ser engarrafado.

A produção de vinho exige a utilização de leveduras selecionadas, que precisam ser mantidas em uma temperatura determinada, não podendo ser menor de 25 ou maior de 34°C. A temperatura pode ser mantida mais facilmente, sendo controlada no tanque de aço, conseguindo-se um melhor resultado e oferecendo vinhos finos e intensos, com o sabor e o aroma mais apreciado pelos consumidores.

O tanque de aço inox é também aplicado na maceração das uvas, uma etapa na produção de vinho que pode durar de 48 horas a 5 dias. O produtor, depois da maceração, deve separar a parte sólida, eliminando as cascas e sementes com um aparelho também de aço inox, deixando o mosto para fermentação.

Essas etapas podem ser feitas de forma automática com equipamentos produzidos com o aço inox, mantendo controle total sobre a produção, fazendo o melhor aproveitamento do mosto.

Tanque de aço inox nas várias etapas de produção

O aço inox, portanto, pode ser utilizado em todas as etapas de produção do vinho, desde a maceração, passando pela chaptalização, que é a fase de correção de açúcar, quando necessário, e pelo descube, a etapa em que se separa a parte sólida, deixando o mosto para fermentação.

Na fermentação, o tanque de aço inox é utilizado na fase secundária, etapa em que o vinho deve permanecer por determinado tempo, complementando esse processo e permitindo que o ácido málico, mais duro para o paladar, se transforme em ácido lático, que deixa o vinho mais macio e saboroso.

O tanque de aço inox também pode ser aplicado na fase de correção do vinho para seu destino final, fazendo a transferência para tonéis de carvalho, trocando os volumes produzidos e deixando o vinho totalmente corrigido e pronto para o consumo.

Ao final da produção, depois que o vinho passa pela fase de amadurecimento, ou seja, depois do tempo determinado para os tonéis de madeira, o vinho pode ser armazenado em tanque de aço inox, garantindo maior sabor, aroma e cor.

Independentemente do tipo de vinho e do método de produção, o tanque de aço inox pode ser utilizado, sempre oferecendo um produto de grande qualidade.