Tanque de vinho: por que o aço inox é a melhor escolha

O vinho tem uma mistura única. Então a melhor maneira de homenageá-lo é garantir que seu recipiente ajude a acentuar seus sabores e seja um membro produtivo do processo de vinificação. Por isso a melhor escolha para um tanque de vinho é o aço inox.

tanque de vinho
Tanque de aço inox

Sem dúvida, o tanque é um dos elementos que mais contribuem para a boa qualidade do vinho. Assim sendo, o aço inox é a opção número 1 da indústria até mesmo para outros equipamentos como misturadores.

Clima e solo para a produção de vinho

As regiões onde o inverno é bastante rigoroso são mais propícias para a produção de vinhos em tanques de aço inox. Por esse motivo, os melhores vinhos são fabricados na região sul do Brasil.

Por exemplo, uma das regiões que mais fabrica vinho no país é a Serra Gaúcha, onde a temperatura é muito fria no inverno. Assim, os vinhos produzidos nessa região conseguem competir em qualidade até mesmo com o mercado europeu.

O clima é determinante na qualidade dos vinhos por ser responsável pela formação das características do solo em que as uvas são plantadas. É o clima que realiza os processos de alteração do solo como profundidade, estrutura, porosidade, cor, umidade, mineralização, pH, entre outros.

A arte da vinificação

A vinificação é uma arte e uma ciência. Embora existam muitos processos fundamentais que precisam ser seguidos ao fazer um vinho de qualquer tipo, também há uma oportunidade de expressão por parte do enólogo.

Além disso, há muitas decisões que ele pode tomar para moldar e dar forma ao vinho. Diferentes métodos dentro do processo de vinificação afetam a maneira como o vinho ficará.

Por exemplo, se o referido vinicultor quiser fazer um Sauvignon Blanc fresco, limpo e fácil de beber, ele pode escolher: colher as uvas quando estiverem maduras, prensar imediatamente as uvas e separar o suco, passar o vinho por um processo de fermentação e engarrafar. 

Tanque de vinho

Uma das decisões mais importantes que um enólogo deve tomar é o tipo de recipiente em que o vinho deve ser armazenado durante a fermentação. Atualmente, os três recipientes de fermentação mais populares são feitos de carvalho, concreto e aço inox. 

No entanto, o material mais popular na indústria de vinhos é o aço inox. Esse material contribui para uma boa composição do vinho. Isso porque permite que quantidades variáveis ​​de oxigênio sejam expostas ao vinho em seu interior. 

Por que o aço inox é a melhor escolha para um tanque de vinho? 

Os tanques de aço inox oferecem muitos benefícios ao processo de vinificação. Além de ser fácil regular a temperatura, eles também são conhecidos por serem muito fáceis de limpar. Isso porque sua superfície lisa facilita a higienização. 

O tanque de aço inox permanece fechado quando não está sendo usado, assim o gás inerte preenche os espaços no tanque e desloca o oxigênio. Isso torna os vinhos mais limpos e mais frescos, ótimos para beber. 

Além disso, um grande benefício de usar o aço inox em um tanque de vinho é o fato dele não interferir nas características de sabor da bebida. Tanques de aço inox oferecem recursos de refrigeração ideais.

Mais sabor para o vinho

O tanque de vinho fabricado em aço inox também é muito útil para focar em perfis específicos da uva. Em um tanque na forma de cone, a válvula e a colocação da porta podem variar conforme o tipo de tanque.

O aço inox pode ser personalizado para os objetivos de vinificação ou fermentação do produtor. O aço inox é um material de alta durabilidade. Portanto, um tanque de vinho pode durar até 20 anos.

Há ainda os tanques de vinho com aço inox do tipo AISI 304. Ele é austenítico, não-temperável, não-magnético e com uma grande resistência à oxidação.

Veja também: Tanque de aço inox para água: importância da higienização

    SOLICITE UM ORÇAMENTO

    Para solicitar um orçamento, preencha os campos.
    Retornaremos prontamente.