O aço inox e suas utilidades na alimentação

Resultado de imagem para aço inox produção de alimentos

Não é de hoje que temos conhecimento de que o aço inox é uma descoberta que oferece diversos benefícios para uso nas mais variadas áreas de atividade humana. Desde a indústria de medicamentos, passando pela de alimentos e chegando à construção civil, o aço inoxidável vem se tornando cada vez mais utilizado.

Na indústria de alimentos, por exemplo, a utilização do aço inoxidável em tanques e outros equipamentos não é exigida, obrigatoriamente, mas sua aplicação vem sendo cada vez mais comum.

Em razão de suas características, produtos fabricados com aço inox estão sendo utilizados nos hospitais, nos hotéis e restaurantes e mesmo nas residências, onde encontramos o material em pias, eletrodomésticos e talheres, entre outras utilidades.

O aço inox é um material que oferece maior segurança, principalmente pelo fato de ser um produto de fácil limpeza e de rápida manutenção da higiene, já que evita contaminações de microrganismos e de outras substâncias nocivas à saúde humana.

Além da facilidade na higienização, o aço inoxidável é um tipo de material que apresenta maior resistência mecânica e à corrosão, resiste às maiores variações de temperatura e se mostra um material superior a qualquer outro, como aqueles produzidos com ferro, plásticos ou alumínio, por exemplo.

Diante de suas qualidades, o aço inox está sendo cada vez mais utilizado para a produção de equipamentos dos mais diversos usos, apresentando um aspecto que oferece higiene e modernidade, podendo entrar em contato com produtos de consumo sem qualquer contaminação.

O aço inox é um material inerte

Produzido através de uma liga de aço carbono, cromo e outros minerais, o aço inoxidável é inerte à maior parte das substâncias liberadas na produção de alimentos, como, por exemplo, os aditivos químicos. Sua composição não apresenta fissuras e essa característica evita o desenvolvimento de microrganismos, podendo ser utilizado para a produção de qualquer tipo de alimentos.

A sua característica inerte permite manter o sabor natural dos alimentos e suas qualidades nutricionais, principalmente nos produtos perecíveis, derivados de leite e bebidas. Para a indústria de alimentos, um dos principais benefícios oferecidos pelo aço inox é a facilidade de higienização.

Equipamentos produzidos a partir do aço inox apresentam registros comprovados de ausência de contaminação, de maior segurança e de neutralidade, tanto química quanto biológica, podendo ser utilizados no processamento de qualquer alimento ou bebida, oferecendo maior garantia de qualidade ao consumidor final.

Um dos fatores que tornam o aço inox o preferido para equipamentos industriais na produção de alimentos é sua durabilidade. A vida útil dos equipamentos fabricados com aço inox é maior do que qualquer outro tipo de material, oferecendo sempre a mesma qualidade.

Por todas as propriedades úteis apresentadas, os equipamentos de aço inoxidável são utilizados em toda a cadeia produtiva de alimentos, começando pelo processamento e passando pelo armazenamento e distribuição, levando ao consumidor final alimentos com as mesas características de sua fase final de produção.

Como se trata de um material adequado para a higiene e conservação, o aço inox também tem suas aplicações nos processos de cozimento e preparação de alimentos, sendo o mais indicado para restaurantes e cozinhas industriais.

Maior segurança para a saúde do consumidor

Uma das maiores preocupações por parte das empresas que oferecem produtos alimentícios ao consumidor final é a segurança alimentar que, inclusive, é regida por normas da Anvisa – Agência de Vigilância Sanitária.

As regras estabelecidas pela Anvisa exigem que os alimentos sejam produzidos em ambientes higienizados e seguros, impedindo qualquer tipo de contaminação que possa causar intoxicação nos consumidores. Os cuidados são necessários, uma vez que grande parte dos casos de transmissão de doenças ou contaminação é provocado pelos alimentos processados.

O aço inox, em razão de suas características, torna-se, portanto, o tipo de material recomendado para equipamentos de produção e de preparação de alimentos, oferecendo maior segurança e garantindo a saúde dos consumidores.