O aço inoxidável pode enferrujar? Como não correr esse risco?

Resultado de imagem para limpeza de aço inox

O aço inoxidável pode ser encontrado em diferentes tipos de liga, cada uma com suas características específicas, podendo ser aplicado nos mais variados tipos de equipamentos, desde utensílios de cozinha a tanques de aço inox para indústria.

Na produção da liga, o aço inoxidável é constituído por uma mistura de ferro e cromo, podendo apresentar pequenas falhas em áreas microscópicas que ficam expostas ao ambiente e se tornam oxidadas.

As condições de temperatura, do clima, do tempo de exposição e de produtos químicos também podem provocar falhas na liga, levando à ferrugem ou oxidação.

Para evitar os riscos de ferrugem é necessário usar ligas adequadas para cada tipo de equipamento. Para isso é preciso contar com pessoas capacitadas, que conheçam a fundo o aço inoxidável e suas aplicações.

Por exemplo, em ambientes próximos ao litoral, a liga de aço inoxidável deve conter maior teor de cromo, que suporta melhor o cloro da água do mar. O cloro é uma substância que pode perfurar a camada protetora do aço inox e, com maior teor de cromo, a liga se torna mais resistente.

O aço inoxidável não é uma vítima fácil da oxidação, uma vez que o óxido de cromo presente na liga volta a se formar de forma automática e muito rapidamente em contato com o ar. No entanto, é preciso ter cuidado com serviços de solda em peças de aço inoxidável, já que a solda pode alterar a quantidade de cromo e provocar a corrosão.

Da mesma forma, é preciso evitar o contato do aço inoxidável com peças de alumínio, que pode gerar corrosão galvânica, ou seja, do encontro entre dois metais diferentes que possam transmitir eletricidade.

O alumínio é um metal menos nobre do que o ferro e o cromo no aço inox e, quando sofre corrosão, pode fazer com que o aço inoxidável também seja afetado. No caso de necessidade de usar dois tipos de metais diferentes em contato direto, é preciso antes colocar um isolamento entre eles.

Os procedimentos que podem afetar o aço inoxidável

Desde que seja mantida com os cuidados necessários, a superfície do aço inoxidável conserva todas as suas propriedades, não sofrendo ferrugem ou corrosão. O aço inox pode ser limpado facilmente, mesmo quando estiver muito sujo ou contaminado.

No entanto, dependendo de sua natureza, alguns contaminantes podem ser de mais difícil remoção. Ou seja, em determinadas condições, se o aço inoxidável apresentar qualquer problema, a causa não é propriamente da liga, mas sim do uso inadequado ou do emprego incorreto de sistemas de limpeza e manutenção.

Veja, a seguir, alguns procedimentos inadequados que podem comprometer a durabilidade e a resistência do aço inox:

1.    Detergentes ou produtos de esterilização

Os detergentes utilizados na indústria de preparação de alimentos e produtos de esterilização geralmente são produtos químicos mais agressivos, como, por exemplo, os que contém cloro.

Esses produtos, de uma forma geral, possuem concentrações de cloro acima do recomendado, ou podem ser mantidos por mais tempo em contato com o aço inoxidável em períodos de parada para manutenção. No caso de usar esse tipo de produto, a corrosão pode se apresentar facilmente.

2.    Ácidos e produtos químicos

Alguns tipos de produtos químicos e ácidos para piscina, ácido muriático, ácido de bateria, removedores de tinta ou produtos semelhantes podem danificar a superfície do aço inoxidável.

Assim, alvejantes e águas sanitárias podem ser usados para limpeza do aço inox se forem diluídos em água, usando a concentração recomendada. Além disso, não se deve usar água quente para a limpeza do inox, e sim fria ou, no máximo, morna.

3.    Produtos de limpeza

Polidores e saponáceos, entre outros produtos de limpeza, de uma forma geral são abrasivos e prejudicam a película de cromo do aço inoxidável, devendo ser utilizados apenas quando não existe outra opção.

4.    Sal

Alimentos com alta concentração de sódio, quando ficam em contato prolongado com a liga de aço inox, podem danificar sua superfície, principalmente em temperaturas mais altas.

5.    Altas temperaturas

Tanto na indústria como no uso doméstico, é preciso evitar contato de materiais em alta temperatura com a superfície do aço inoxidável. O contato, principalmente por maior tempo, pode provocar corrosão ou manchas difíceis de serem removidas.

6.    Aço comum em contato com aço inox

O aço comum não deve ficar em contato prolongado com o aço inoxidável, principalmente na presença de umidade. Esse é o caso da lã de aço, por exemplo, que não deve ser usada na limpeza do inox.

7.    Pó e sujeira

O pó e a sujeira depositados na superfície do aço inoxidável, principalmente em ambientes próximos ao litoral ou em áreas industriais, podem absorver contaminantes corrosivos, como, por exemplo, o cloro e o sal. A evaporação e a maior concentração de substâncias contaminantes podem causar danos à superfície do aço inox.

É importante notar que o aço inoxidável é bastante resistente, mas não é invulnerável. Portanto, os cuidados tomados mantêm a qualidade e a resistência do material, que, assim, pode durar muito mais tempo.