Tanque de aço inox industrial e suas especificações

Industrial silos in the chemical industry

O tanque de aço inox industrial possibilita a armazenagem dos mais diversos produtos e insumos que exigem a unidade industrial, utilizando desde alta a baixas pressões.

No tanque de aço inox industrial é possível armazenar matérias primas em grandes quantidades, atendendo a exigência de suprimento das plantas, além de produtos intermediários, com produtos finais para outras unidades e matéria prima que são estocadas para que não seja necessária a operação conjunta.

Continuar lendo

Tanque de aço inox AISI 304: útil para inúmeras aplicações

15 Tanque de aço inox

O aço inoxidável está cada vez mais presente na vida de todos, seja no âmbito pessoal ou profissional, podendo ser matéria prima desde panelas e pias numa residência até tanque de aço inox numa indústria.

A utilização do tanque de aço inox nas indústrias é principalmente devido ao fato de ser um material prático e versátil, oferecendo excelente desempenho e mantendo a qualidade dos produtos elaborados.

O aço inoxidável é, basicamente, uma liga de ferro e cromo, utilizando outros metais para agirem como elementos de liga, embora o cromo seja indispensável como parte da matéria prima pelas suas propriedades de resistência à corrosão.

O tanque de aço inox não é passível de oxidação em ambientes normais e essa característica de resistência é obtida graças à formação de um óxido protetor, que impede o contato direto do metal base com a atmosfera agressiva ao ferro.

Atualmente, o aço inox é usado em aplicações que vão de eletrodomésticos a materiais de cozinha, de automóveis a ônibus, passando por vagões ferroviários e chegando à construção civil, com a instalação de fachadas, de elevadores e escadas rolantes, de equipamentos hospitalares e de bens de capital na indústria de uma forma geral. O tanque de aço inox está, portanto, entre os preferidos de indústrias alimentícias, químicas, petroquímicas e muitas outras, sendo construídos dentro das especificações exigidas por cada tipo de indústria, considerando a aplicação final do produto, havendo um projeto específico e fabricação para cada exigência.

Tanque de aço inox segundo a AISI

A AISI é a sigla da American Iron and Steel Institute (Instituto Americano de Ferro e Aço), que determinou uma tabela para especificar os diversos tipos de aço inox.

A fabricação do tanque de aço inox é dividida de acordo com sua microestrutura, sendo as principais a de aços austeníticos, de ferríticos e martensíticos.

  • Aço inox austeníticos são ligas para construção de tanque de aço inox não magnéticas, contendo ferro, cromo e níquel, com um percentual de 8% de níquel e baixo teor de carbono. O tanque de aço inox desse material apresenta boas propriedades mecânicas, boa soldabilidade, podendo ser trabalhado a frio e mantendo resistência à corrosão.
  • Aço inox Ferríticos são ligas quer apresentam apenas ferro e cromo, contendo entre 12 a 17% de cromo, com baixo teor de carbono, não sendo endurecíveis por tratamento térmico. São aços inox magnéticos e apresentam boa resistência à corrosão em meios menos agressivos, com boa ductilidade e soldabilidade razoável, sendo que o trabalho a frio endurece-os moderadamente.
  • Aço inox martensíticos são ligas de ferro e cromo, com percentagem entre 12 a 14% de cromo e com alto teor de carbono. São aços endurecíveis por tratamento térmico e magnético e, quando temperado, é muito duro e pouco dúctil, sendo resistentes à corrosão. Se recozidos, não apresentam bom comportamento diante da corrosão atmosférica.

Tanque de aço inox AISI 304: aço austenítico

O tanque de aço inox AISI 304 é fabricado com o aço da série 300, que representa os aços inox austeníticos, possuindo ligas de ferro, cromo e níquel e não são aços magnéticos.

O aço AISI 304 é utilizado também para fabricação de utensílios domésticos, para fins estruturais, para tanque de aço inox de indústrias químicas e naval, para indústria farmacêutica, para indústria têxtil, para indústria de papel e celulose, refinaria de petróleo, permutadores de calor, válvulas e peças de tubulações, indústrias frigoríficas, instalações criogênicas, depósitos de cerveja, tanque de aço inox de fermentação de cerveja, para tanque de aço inox para refino de produtos de milho, produção de leite, tubos de vapor, condutores de águas pluviais, calhas e até mesmo para cúpula de casa de reator de usinas nucleares.

O aço inox possui uma variação, com o aço inox AISI 304-L, que pode ser utilizado para fabricação de tanque de aço inox de pulverização e fertilizantes líquidos, para tanque de aço inox de estoque de massa de tomate, para carros ferroviários e para aplicações onde é exigido um teor de carbono menor do que o tipo 304, restringindo a precipitação e carbonetos resultantes de operações de soldagem.

Acabamento da superfície do tanque de aço inox AISI 304

Uma das vantagens do tanque de aço inox AISI 304 são as possibilidades de acabamento, podendo ter uma superfície não polida, variando na aparência e suavidade ao tato, conforme sua composição química, espessura e método de fabricação. Para acabamento de superfície, o aço inox AISI 304 possui uma aparência com características diferentes dos outros tipos de aço.

Com essas características diferenciadas, o tanque de aço inox AISI 304 pode ter polimento, obtido com grãos abrasivos, ou não polidos, dependendo da necessidade ou da preferência da empresa, apresentando visualização que leva à ideia de higiene e cuidado na fabricação dos produtos nele elaborados.

Tanques de aço inox escovado

06 Tanque  aço

O aço inoxidável, ou simplesmente aço inox como é comumente chamado, é uma liga de ferro-cromo que tem grande resistência à corrosão, à abrasão e a impactos, possuindo maior durabilidade que o aço carbono.

Trata-se de um material totalmente reciclável e possui baixo custo de manutenção. Sua utilização, atualmente, é feita desde itens domésticos, como panelas, geladeiras, fogões e até talheres, além de outras aplicações, como instalações de hospitais e de cozinhas industriais, na construção civil, em veículos e mobiliários, além de tanques para indústria.

Continuar lendo

O tanque de aço inox na fabricação de refrigerantes

O tanque de aço inox na fabricação de refrigerantes

Quem não sente aquela sede quando ouve o abrir de uma garrafa de refrigerante, daqueles de vidro, ou ainda, quando escuta o lacre da latinha sendo rompido e dando passagem para o gás que soa como música para os nossos ouvidos. Desperta aquela sede instantânea, ainda mais em dias quentes.
Mas hoje queremos mostrar para você leitor, o quanto envolvente pode ser a produção do refrigerante. Vamos ver por quais processos ele passa e ver a importância dos tanques de aço inox em meio esse processo produtivo.

Continuar lendo

A história e o consumo do leite no Brasil

O consumo de leit eno Brasil

De acordo com a Organização das Nações Unidas –ONU, O Brasil ocupa hoje a 65° posição no ranking mundial de consumidores de leite. O brasileiro, de acordo com a mesma pesquisa, consome cerca de 160 litros de leite por ano. Essa quantidade tem animado os produtores, que estão investindo cada vez mais em tanques de aço inox para leite em suas indústrias. Conforme já visto aqui, além de grandes empresas do ramo de laticínios, pequenos produtores rurais formam grande parte desse segmento, trabalhando em cooperativismo.

Continuar lendo

O tanque de aço inox e os constituintes do suco de uva

O tanque de aço inox e os constituintes do suco de uva

O tanque de aço inox hoje é um grande aliado a qualquer produtor de suco de uva, pois desde sua criação o processo de fabricação, fermentação e armazenamento do suco ficou muito mais prático. Falaremos hoje sobre os principais constituintes do suco de uva e sua relação com o processo de fabricação no tanque de aço inox. Veja a seguir:

Continuar lendo

O tanque de aço inox na fabricação de papel

O tanque de aço inox na fabricação de papel

Quem acompanha esse site já sabe que o tanque de aço inox é útil para indústrias dos mais variados segmentos. Hoje vamos falar de outra utilidade do tanque de aço inox, a fabricação de papel.

O papel foi inventado pelos chineses, a partir de um modelo de fabricação adaptado do papiro, inventando em 4000 a.C. pelos egípcios. Obviamente, o processo era muito artesanal e diferente do que é feito hoje pelas indústrias que utilizam de tanque de aço inox para papel. De acordo com os historiadores, quem é reconhecido até hoje pela invenção do papel é o chinês Ts’ai Lun, que foi ministro de vários imperadores durante o período em que a dinastia Han esteve sob o comando da China.

Continuar lendo

Vinho na Serra Gaúcha: do processo artesanal ao tanque de aço inox

Vinho na Serra Gaúcha - do processo artesanal ao tanque de aço inox

A história do vinho na Serra Gaúcha se confunde com a história da própria localidade. A produção de vinhos e os sucos de uva, hoje fabricados em tanques de aço inox, sempre foram uma das principais atividades econômicas da região.

Os imigrantes italianos e alemães trouxeram de seus países de origem o processo da vindima. Existem registros de que em 1825, um ano após a chegada dos imigrantes alemães, um cidadão chamado João Batista Orsi trouxe a região uma carta assinada por Dom Pedro I incentivando o cultivo de uvas. No início, a produção de vinho e suco de uva se limitava ao uso doméstico.

Continuar lendo

O Tanque de Aço Inox de 1000 litros na produção de leite

O Tanque de Aço Inox de 1000 litros para leite

O armazenamento de água mineral, de suco, de vinho, produtos químicos ou qualquer que seja o produto fabricado, exige muita responsabilidade. Para produtos como o leite, pequenos produtores utilizam muito o tanque de aço inox de 1000 litros.

Para que a qualidade do leite seja resguardada, é necessário eficiência e rapidez no processo. O leite bovino sai com temperatura média de 35°C. No ato da retirada, o leite mantém uma resistência natural às bactérias e outros microrganismos, mas conforme resfria, essa propriedade diminui. Por isso, a importância do processo de armazenamento e pasteurização em tanques de aço inox.

Continuar lendo

O cooperativismo na produção de vinho em tanque de aço

O cooperativismo na produção de vinho

Conhecemos por cooperativismo a associação de pessoas ou grupos com interesses comuns em suas atividades econômicas. Boa parte das vinícolas da Serra Gaúcha são cooperativas de pequenos produtores de uva da região que utilizam tanque de aço inox em sua produção. As cooperativas adotam sete princípios básicos, são eles: adesão livre, administração democrática, retorno da proporção das compras, juro limitado ao capital, neutralidade política e religiosa, pagamento em dinheiro à vista e fomento da educação cooperativa.

Continuar lendo