O aço inox na indústria de alimentos

Resultado de imagem para aço inox em indústrias

A indústria de alimentos possui uma grande responsabilidade na manutenção da qualidade de seus produtos. A higiene é fundamental no processo de produção e, por isso, o aço inox é essencial para garantir que os alimentos estejam adequados para consumo.

As máquinas e equipamentos devem oferecer facilidade de limpeza e o aço inox é o tipo de material que não permite a contaminação dos alimentos produzidos, não deixando qualquer tipo de resíduo ou focos de contaminação por bactérias ou microrganismos estranhos.

O aço inox deve ser usado não apenas nos equipamentos, mas também em todos os acessórios, impedindo que qualquer microrganismo possa se instalar em qualquer etapa da produção, oferecendo ao público consumidor produtos da mais alta qualidade.

O aço inoxidável é hoje um material que pode ser encontrado nas mais diversas empresas que devem ter a higiene como base de seu processo, como indústrias, restaurantes, hospitais e laboratórios, tanto pela facilidade de limpeza quanto pela resistência do material.

O processo de limpeza do aço inoxidável é bastante semelhante ao do vidro e da porcelana, sendo mais prático e mais rápido do que de outros tipos de materiais, como alumínio ou plástico, que sempre possibilitam a presença de resíduos.

O aço inox oferece excelente resistência mecânica e à corrosão. Com uma camada impermeável, o material permite a produção de alimentos sem que eles sejam contaminados e sem que causem qualquer problema de saúde nos consumidores.

Eliminação das bactérias com aço inox

O aço inox é um material inerte aos compostos liberados pela matéria prima na produção de alimentos, já que não forma microfissuras em sua superfície. Essa qualidade impede o acúmulo de bactérias, mesmo quando os alimentos são expostos a acidez mais elevada.

Como se trata de um material de fácil limpeza, isso também impede que haja qualquer foco de bactérias, uma das principais causas de intoxicação alimentar verificadas em hospitais. Dessa forma, é muito evidente a vantagem apresentada pelo aço inox na indústria de alimentos.

Pela mesma razão, o aço inox é o mais indicado para tubulações que transportam água nas indústrias, já que sua resistência à corrosão garante a qualidade da água utilizada no processo de produção.

Numa indústria alimentícia, são diversas as etapas do processo produtivo. Tudo começa com a recepção e armazenagem da matéria prima, passando pela preparação e terminando com a armazenagem do produto pronto e seu transporte para a distribuição.

O aço inox atende a todas as etapas, oferecendo maior segurança para os produtos, conduzindo todo o processo dentro da qualidade e higiene necessárias para evitar contaminação por bactérias ou permanência de resíduos estranhos no produto final.

Os equipamentos e maquinários fabricados com aço inoxidável apresentam superfícies lisas e livres de contaminação, com facilidade de limpeza e sem a presença de trincas ou fendas que possam permitir a presença de qualquer tipo de matéria orgânica estranha ao processo de produção.

Além dos equipamentos e máquinas, a utilização de fixadores de aço inoxidável permite que a indústria de alimentos tenha condições sanitárias seguras em todas as etapas do processo produtivo e, por isso, é um material que deve estar presente em toda a linha de produção.

Assim, para oferecer toda a segurança ao consumidor e garantir a qualidade dos produtos é necessário usar o aço inoxidável não apenas nos equipamentos, mas também em utensílios, acessórios e todo e qualquer material que entre em contato direto com o produto.

A composição da liga de aço inox é naturalmente anticorrosiva, oferecendo ainda outra vantagem para a indústria de alimentos: os equipamentos produzidos em aço inoxidável não precisam de pintura contra a oxidação, diferentemente do aço carbono, que é pintado para não sofrer corrosão ao longo do tempo.

Veja a seguir todas as vantagens apresentadas pelo aço inox:

  • Material de fácil limpeza, não exigindo pintura anticorrosiva;
  • Não produz resíduos e evita o acúmulo de bactérias;
  • Resistente às mais diversas faixas de temperatura, podendo ser usado desde em fornos industriais a freezers;
  • Não reage em contato com elementos liberados pelos alimentos.

Tanque de aço inox para vinho: ideal para a produção

Resultado de imagem para Tanque de aço inox para vinho

No Brasil, a produção de vinhos vem sendo feita desde a chegada dos imigrantes alemães e italianos, principalmente no sul do país. Essa produção vem sendo aprimorada através dos tempos, havendo agora a utilização de tanque de aço inox para vinho, já que o inox é um material que garante a qualidade final do produto.

As vinícolas, tanto familiares quanto industriais, utilizam o tanque de aço inox para vinho nos mais diversos tamanhos e formatos, servindo para produtores artesanais e para grandes indústrias, oferecendo a melhor solução para qualquer quantidade de produção.

Continuar lendo

Tanque de aço inoxidável: tipos e acabamentos

Resultado de imagem para inox stainless tank

O aço inoxidável é produzido com uma liga metálica cuja constituição é basicamente de uma mistura de ferro com pelo menos 10,5% de cromo, o que faz com que o material se torne melhor do que o aço comum, apresentando resistência ao impacto, à corrosão e às altas ou baixas temperaturas.

Conforme são adicionados outros elementos, como o carbono, o silício ou o níquel, entre outros, o aço inoxidável ganha outras propriedades, servindo para outras aplicações. A diversificação oferece às indústrias vários tipos de aço inox, que são classificados em famílias:

Continuar lendo

Principais características do tanque de aço inoxidável

06 tanque inox


O tanque de aço inoxidável utilizado para armazenamento é um recipiente próprio para guardar fluidos, tanto à pressão atmosférica quando em pressões superiores, com exceção daqueles enquadrados como vasos de pressão.

Na indústria de processamento, a maior parte dos tanques de aço inoxidável é construía de acordo com requisitos estabelecidos em normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (as NBR), cada uma delas com fins específicos.

O tanque de aço inoxidável pode ter as mais variadas dimensões, desde 2 m de diâmetro até 50 metros ou mais. Dependendo do tamanho, o tanque deve ser instalado no interior de bacias de contenção, que têm o objetivo de conter possíveis derramamentos, no caso de rupturas.

Continuar lendo

O aço inoxidável e sua durabilidade

03 aço inoxidávelTodos sabemos que o aço inoxidável apresenta sempre grande durabilidade, desde que tenha os cuidados necessários de limpeza e manutenção, evidentemente. Contudo, há algo que deve ser lembrado com relação a essa durabilidade: na maior parte das vezes, a produção do aço também interfere no seu tempo de vida útil.

O aço inoxidável, atualmente, é aplicado nos mais diversos ramos de atividade e segmentos do mercado, sendo utilizado para fabricar desde equipamentos de odontologia, utensílios de cozinha, eletrodomésticos, decoração, tanques industriais e equipamentos os mais diversos para indústrias petroquímicas, químicas, de alimentos e muitas outras.

Continuar lendo

Aço inoxidável duplex e suas aplicações

06 aço duplex

O aço inoxidável duplex foi descoberto e desenvolvido entre 1927 e 1932, durante a pesquisa do efeito de frações volumétricas de ferrita nas propriedades do aço inoxidável austenítico.

A introdução do cobre e do molibdênio permitiu que o aço inoxidável duplex fosse endurecido por precipitação, apresentando uma resistência mecânica muito mais alta do que a família de aços austeníticos.

Continuar lendo

A resistência do aço inoxidável e os cuidados contra a corrosão

Cuidados com a corrosão do aço inoxidável.

Cuidados com a corrosão do aço inoxidável.

 

O aço inoxidável é bastante resistente à corrosão, atendendo de forma satisfatória as necessidades em sua aplicação. Seu limite de resistência à corrosão vai depender dos elementos em sua composição, o que estabelece que cada tipo de aço inoxidável oferece uma resposta diferente à exposição de ambientes corrosivos.

Desta forma, é preciso o cuidado na seleção do aço inoxidável mais adequado para cada aplicação. A escolha do tipo certo de aço irá reduzir de maneira significativa a possibilidade de corrosão, como aumento da vida útil do equipamento.

Continuar lendo

A história do aço inox no Brasil: um resumo

 

06 O aço inox no Brasil

A história do aço inox em nosso país teve início com a fundação, em 31 de outubro de 1944, da empresa Acesita – Companhia Aços Especiais de Itabira, em Minas Gerais, a primeira e, até hoje, única fábrica de aço inox da América Latina.

Os fundadores da empresa, os engenheiros Amyntas Jacques de Moraes, Percival Farqhuar e Athos de Lemos Rache, tinham uma proposta audaciosa: a construção de uma usina de aços especiais que fosse autossuficiente em matérias primas e energia, instalada junto às fontes de minério de ferro, de carvão vegetal e de queda d’água.

Continuar lendo

Aço inoxidável para altas temperaturas

Heating Ducts

O desenvolvimento do aço inoxidável vem progredindo com o tempo e a nova liga austenítica criar maior resistência e estabilidade estrutural à oxidação e carbonetação em altas temperaturas.

Uma dessas ligas, a 253MA, conseguiu ainda maior resistência com a adição criteriosa de metais de terras raras, ou MTR. Os testes mostraram que a resistência à oxidação do aço inoxidável austenítico aumenta com a adição de MTR em conjunto com elementos de liga convencional, como o cromo, o silício e o níquel.

Continuar lendo

Qualidades do aço inox que você precisa conhecer

08 aço inox

O aço inox foi descoberto por puro acaso. No começo do século XX, em 1912, o inglês Harry Brearly estava pesquisando uma liga de Ferro e Cromo, com um percentual de 13% de cromo e, no momento em que tentava fazer observações sobre suas propriedades, verificou que a liga era resistente à maior parte dos reagentes que se utilizava na época em metalografia.

Brearly deu o nome à liga, chamando-a de “Stainless steel”, ou seja, o “aço que não mancha”.

Continuar lendo